Segundo dia - Cervejarias e chocolaterias em Gramado - Diário de Viagem Parte 5

outubro 07, 2016

Era Sábado, nosso segundo dia da cidade e não queríamos perder nenhum instante.
Acordamos cedo, tomamos café na pousada e partimos para Canela.


Chegamos à cidade e ela ainda dormia. As lojas e cafeterias ainda fechadas, as ruas vazias. Foi ótimo para conhecer a Catedral de Pedra onde alguns poucos fiéis realizavam suas orações. A Catedral é imponente, encantadora. Seus vitrais refletindo a luz do sol e fazendo um arco-íris de cor pelos corredores da igreja, lindo!!!



Queríamos estar em Canela e sentir a sensação de viver naquele lugar. Andamos pelas ruas até que encontramos uma feira comunitária. Várias famílias se encontram e levam os produtos orgânicos que comercializam para vender, ou fazer troca entre eles. Coisa mais linda de se ver. Não fazem uso de sacolas. Cada um pega sua cestinha e escolhe os produtos que vai levar para casa. Além de legumes e verduras, também vendem doces, compotas, pães e cucas.



Voltamos sentido à Gramado parando nos museus. O primeiro deles foi o Mundo a Vapor. Comprando um ingresso no valor de R$ 25,00/pessoa, você tem a oportunidade de conhecer um pouco sobre a história das ferrovias e dessas máquinas que ainda encantam pessoas no mundo inteiro.
Na frente do museu, uma réplica de trem. Ponto de parada de fotos de turistas.


Próxima parada, Chocolate. São várias lojas de chocolates grudadas uma na outra na Avenida das Hortênsias. Mas elegi a Caracol como a minha favorita. Pelo menos no quesito ambiente e chocolate quente, porque no quesito chocolate pra mim todos são bons.
Conhecido como Reino de Chocolate, a imponente loja/fábrica de chocolates da Caracol chama atenção pelos soldadinhos de chumbo em sua entrada. O interior da loja é lindo!! Mas a melhor parte dela é uma cafeteria que tem ao fundo. Você pode sentar na sua poltrona xícara e apreciar um belo chocolate quente com uma vista maravilhosa. Os preços não são dos mais baratinhos, mas vale muito a pena. E se caso você quiser, ainda pode fazer uma visita guiada por R$ 10,00 e conhecer todo o processo de fabricação dessas delícias.





Depois do chocolate chegou a hora do marido conhecer as cervejarias. Por incrível que pareça, elas também ficam bem próximas umas das outras e bem pertinho do mundo de chocolate. Ficamos perdidos, mas pedimos informação à uma garota que estava na esquina (leia-se garota de programa rs) que nos auxiliou a chegar no lugar.
A primeira que fomos conhecer foi a Cervejaria Rasen. Fundada em 2008, a cervejaria é um ambiente pequeno, mas muito gostoso. Chegaram junto conosco um grupo de turistas para fazer a visita guiada, mas nós queríamos mesmo era conhecer a cerveja. Como tínhamos outras para conhecer, o marido preferiu não exagerar na dose e pediu uma tábua degustação. Ela vem com 5 tipos de chops em copinhos de 150 ml.
Caso queira levar, eles também vendem as garrafas de 600ml por cerca de 15,00 cada. Por ser cerveja artesanal e ser boa, vale a pena.



A próxima cervejaria que fomos conhecer foi a cervejaria Ambarina. Essa com apenas 7 meses de idade, traz um chopp âmbar para nosso gosto, um pouco inferior ao que experimentamos na outra cervejaria. Eles ainda não tem uma lojinha, ou um pub para você sentar e apreciar a bebida, mas a cena de ver a atendente pegar seu chopp direto do tonel/barril é linda de se ver.


Mais a frente fica a Cervejaria Grand Bier. Compramos no Tche Ofertas a visita guiada que dá direito a 2 chops de 200ml por R$ 13,9/pessoa. Ideal para degustar e conhecer todas de uma única vez. Muito bom. Conhecemos todo o processo de fabricação e de todas, essa é a cerveja que mais gostamos. Eles fazem um kit para viagem com 7 unidades por R$ 100,00. Compramos, claro.



   



Saindo das cervejarias no roteiro estava conhecer o Mini Mundo e o Lago Negro. Como o tempo estava curto, decidimos não ir ao Mini Mundo e ir direto ao Lago. Deixamos o carro na frente do Mini Mundo e fomos a pé. Vi no GPS que ficava pertinho... cerca de 4 minutos. Só não tinha visto que eram 4 minutos de carro. Senhor da Glória, que desespero. Andamos, andamos, andamos e nada do lago chegar. Foi terrível. Gastamos mais de 40 minutos andando para chegar no lugar. Nunca façam isso, é loucura. No final fiquei tão cansada que nem foto quis tirar do lugar de tanta raiva, rs.



Depois de tanto andar, precisávamos de um banho e voltamos para a pousada. Banho, almoço e partiu mundo de novo, rs.

Fomos até o Mundo de Chocolate da Lugano. A loja além de linda, tem uma parte de visitação com peças todas feitas em chocolate. Algumas delas com mais de 2 toneladas. Te recebendo na loja, uma fonte de chocolate que me segurei para não me jogar dentro dela rs. Compramos o passeio guiado que no final dava direito a degustação de chocolate. Você escolhe entre o branco ou ao leite e eles enchem um copinho para você degustar. Ganhamos também chops da Rasen Bier, que é dona da Lugano.
Compramos alguns chocolates para presente porque ô chocolate bom gente.



A noite, fomos ao Fondue do Riviera. Escolhemos a sequência de fondue com vinho liberado. Que delícia. De entrada, fondue de queijo com batatas, pães e polentinha frita. Você pode solicitar reposição quantas vezes quiser. Depois é a hora da pedra. Filés de vários tipos de carne vieram preparados, prontos para colocarmos em uma pedra quente. Acompanhando 14 molhos diferentes. Quando já não conseguíamos comer mais nada, foi a fez do fondue de chocolate. Ambiente gostoso, música boa, atendimento poderia ter sido melhor. Eles cobram cover e 10% de serviço, mas você tem a opção de pagar ou não.




Fim de noite. Cansados, mas encantados com todas as experiências desse dia maravilhoso.

You Might Also Like

1 comentários

  1. Que tudo essa viajem *--*to morrendo de ir conhecer também *--*
    Amei,amei e amei
    http://www.simplesedoce.com.br/

    ResponderExcluir

@mhilkadiniz

@rodrigotatuagem1

Instagram @morandocomamor ♥